Notícias 28/11/2012 - Quarta-feira

PPR – Reta Final

O PPR está na reta final, mas ainda em tempo de alcançar as metas junto a sua equipe. Nesta edição, os colaboradores Vlademir Antonio Witchemichem, Ronaldo Antonio Ames e Emerson Renildo Ribeiro, nos contam como tem sido a busca para alcançar as metas no segundo semestre de 2012.

Vlademir Antonio Witchemichem

15 anos de empresa – Máquina de Papel I

“Estou há 15 anos na empresa, iniciei no setor de embalagens de bobinas como ajudante geral e hoje sou Operador Assistente. Ao longo desses anos, fiz curso básico e técnico em celulose e em mecânica básica. Nesse ano de 2012, iniciei o curso de Administração a distância.

As atividades desenvolvidas no meu setor são de suma importância, pois é de responsabilidade do operador assistente preparar a massa e fazer com que chegue até a  máquina com uma certa consistência e o grau de refinação suficiente para formar a folha de papel com qualidade. Também é de minha responsabilidade cuidar de níveis de tanques, funcionamento de bombas, agitadores e outros equipamentos que compõem o preparo de massa, além de auxiliar a equipe durante os horários de refeição.

Toda a equipe está empenhada em atingir as metas do PPR 2012 e o indicativo do EBITDA. Tentamos encontrar maneiras para melhorar cada vez mais o  processo, aumentando a produção de papel e reduzindo o consumo de energia. Também diminuímos o consumo de vapor e fizemos um planejamento de paradas de máquina que era semanal, agora é quinzenal, conseguindo assim, maiores produções, pois diminuiu o tempo das paradas e com certeza, com o esforço e dedicação de todos, ainda encontraremos novas formas para conseguirmos atingir as metas traçadas, que trazem benefícios tanto para a empresa quanto para os colaboradores”.

 Ronaldo Antônio Ames
25 anos de empresa – Instrumentação Papel

“Trabalho na Santa Maria há 25 anos, minha função é de Instrumentista Especialista. O Setor de Instrumentação é responsável pela manutenção de equipamentos hidráulicos e pneumáticos, e também pela manutenção e calibração de equipamentos de controle. O correto funcionamento destes equipamentos contribui para uma produção de qualidade e para a redução do custo final do papel.

Trabalhamos em equipe e procuramos sempre alcançar as metas que nos são colocadas. Cumprir orçamento, substituir componentes ou equipamentos só quando realmente for necessário, buscar fornecedores com menores custos que atendam as necessidades do processo e garantam a qualidade do produto, manter a disponibilidade operacional das máquinas de papel diminuindo o número de quebra/falha e reduzir números de acidentes de trabalho, através dos diálogos de segurança e orientações especificas aos trabalhos de risco, são algumas das práticas do nosso dia a dia.

O PPR é uma grande ferramenta de incentivo aos colaboradores para o alcance dos objetivos da empresa, possibilitando mantê-la competitiva e atuante no mercado, além de possibilitar um ganho extra para todos os colaboradores”.

Emerson Renildo Ribeiro
6 anos de empresa -Medicina e Segurança do Trabalho

“Sou Técnico de Segurança na Santa Maria há mais de seis anos e neste período acompanhei uma mudança de cultura que permitiu a redução significativa na ocorrência de acidentes. Neste ano, a meta é de até dez acidentes e estamos com três. Contando com a colaboração de cada um, podemos manter este número e reduzir no ano que vem.

Trabalhamos com metas e como todas as áreas buscamos cumprir os nossos objetivos para somar ao PPR da empresa, pois o nosso dever é cuidar para que as áreas trabalhem com segurança.

Usando as ferramentas da empresa como as etiquetas verdes, sugestões de melhorias e registro de incidentes, podemos melhorar as condições das máquinas, eliminando condições inseguras. O Minuto de Segurança e Diálogo de Segurança aumentam a conscientização dos colaboradores, mostrando a sua importância para a empresa, principalmente para a sociedade e sua família. A segurança não é o simples ato egoísta de não querer se acidentar, mas, sobretudo, um ato de solidariedade, de não deixar que acidentes aconteçam”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


+ 6 = doze