Notícias 30/09/2013 - Segunda-feira

Papel Alcalino, branco por muito mais tempo…

Toda linha de papel Santa Maria é de papel alcalino. Você sabe qual é a vantagem dessa característica?

Para entender melhor esta característica precisamos entender primeiro a definição de colagem do papel. A colagem do papel consiste em reduzir ou retardar a penetração de água no papel sem impermeabilizá-lo. Os papéis utilizados para imprimir ou escrever são necessariamente colados.

Antigamente, os papéis eram todos fabricados pelo processo de colagem ácida. Neste processo utilizava-se como agentes de colagem o sulfato de alumínio, a cola de breu e a alumina. Estes aditivos acidificavam o meio e o papel final produzido ficava com uma faixa de pH na faixa de 3,5 a 5,5 . O papel ácido tinha uma grande desvantagem que era de ficar com tonalidade amarelada e também ter uma durabilidade muito pequena, ou seja, o papel se degrada com facilidade e perde a brancura e a alvura com o passar do tempo.

Novas tecnologias desenvolvidas nas quais os agentes de colagem foram substituídos por produtos que são derivados do petróleo (cola ASA e AKD), permitiram maior estabilidade a uma faixa de pH alcalino (7,5 a 8,5). Com isso, o carbonato de cálcio utilizado como carga mineral se tornou mais estável e o papel, além de ter ganho em brancura, também ficou mais durável sem ocorrência de reversão de alvura e degradação do papel.

Apesar do papel alcalino ter as vantagens acima citadas, e vale ressaltar uma característica que pode acontecer nos processos de impressão offset e que só ocorre se for utilizado o papel alcalino. Dentro do processo de impressão, uma das variáveis de grande importância para o controle é a solução de molhagem. Características como pH e condutividade serão de grande importância para se ter um bom equilíbrio do balanço solução de molhagem+tinta+papel. Esta solução possui como característica o pH mais ácido, devendo se manter numa faixa entre 4,5 e 5,5. Caso o pH se torne mais ácido, pode-se afetar a colagem alcalina do papel reagindo com o carbonato presente no papel. A solução de molhagem ficará com um aspecto leitoso (“Milking”) o qual irá aderir as áreas de contragrafismo de chapas e blanquetas tornando-as esbranquiçadas. Com isso, a impressão final ficará com falhas afetando a qualidade.

Caso isto venha ocorrer, a retirada deste acúmulo será muito difícil e não sairá com uma simples lavagem com água ou solventes de impressão. Recomenda-se, caso seja notada estas características, a limpeza de todo sistema de molhagem e esgotamento do mesmo nas impressoras e verificar as condições de pH da nova solução mantendo na faixa ideal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


nove − 8 =