Grupo Santa Maria - O Grupo - Código de conduta

 

Mensagem do Diretor-Presidente

Prezado colaborador,

Trabalhar em uma empresa pode e deve ser motivo para encher-se de orgulho. Por isso, cabe a cada um de nós zelar pela reputação do negócio, corresponder à confiança que os clientes depositam em nós e retornar à sociedade benefícios que somente empresas socialmente responsáveis podem propiciar.
Somos uma empresa que sabe se relacionar com o mercado, tem credibilidade, é empreendedora e queremos ser reconhecidos por termos colaboradores apaixonados pelo que fazem. Queremos manter o respeito e a confiança da sociedade em geral por meio de ações e competências que precisam continuar sendo construídas e asseguradas dia após dia.
A nossa responsabilidade como cidadãos e como profissionais implica, portanto, que tenhamos um relacionamento íntegro com clientes, acionistas, colegas de trabalho, parceiros de negócios, agentes governamentais e com as comunidades em que atuamos.
O Código de Conduta do Grupo Santa Maria, ora apresentado, constitui um guia para a ação, um texto de referência para as decisões que tomamos das mais corriqueiras às mais importantes. Seus termos indicam os padrões esperados no exercício profissional, ao mesmo tempo em que definem o posicionamento estratégico de nosso Grupo. A meta é o enraizamento deste Código em todas as nossas atividades, por isso se aplica a todos os colaboradores, sem distinção de nível hierárquico.
É um instrumento de trabalho e um norte moral.
Tenho certeza de que ele irá nos inspirar e espero que cada um de nós converta sua
própria conduta em modelo para todos os outros.

Marcelo Vieira

 

Sumário

Os valores corporativos

Inovação
Integridade
Foco nos resultados
Trabalho em equipe
Responsabilidade socioambiental

1. O Público Interno no seu Ambiente de Trabalho

1.1 Quanto ao relacionamento interno:

Respeitamos a diversidade e combatemos todas as formas de preconceito e discriminação, no que se refere à herança de raça, de cor, de nacionalidade e de posição social e também quanto à idade, crença religiosa, gênero, estética pessoal, condição física, mental, social, estado civil e convicção política;
Utilizamos uma política transparente quanto à admissão e à demissão de pessoal, assim como no referente ao treinamento, à promoção na carreira e à ascensão a cargos superiores;
Evitamos condutas que desqualifiquem publicamente ou causem constrangimentos ou desrespeito aos colaboradores de qualquer cargo, ou seja, palavras ofensivas que possam causar intimidação, ameaça, assédio, agressão psicológica ou física;
Respeitamos as manifestações político-partidárias de nossos colaboradores, elas devem  ocorrer somente durante seu tempo livre, de modo a não interferir nas suas responsabilidades profissionais.

É vetado:

  • Envolver recursos, materiais ou equipamentos da empresa, assim como o uso de roupas com a logomarca ou o nome  da mesma, quando do exercício de atividades políticas;
  • Desenvolver atividades político-partidárias sem a comunicação prévia e por escrito ao superior imediato do colaborador.

1.2  Quanto à saúde e à segurança:

Prezamos pela boa apresentação pessoal, com a utilização de vestuário adequado ao ambiente de trabalho.

É vetado:

  • Expor-se ou expor os demais colaboradores em situações que possam provocar danos a sua saúde física, mental e social;
  • Ingerir bebidas alcoólicas antes e durante o horário de trabalho;
  • Usar ou portar drogas ou qualquer outro elemento que possa afetar a segurança e o desempenho dos colaboradores;
  • Usar armas de qualquer espécie, a não ser pelos profissionais devida e expressamente autorizados.

1.3 Oportunidades no ambiente de trabalho:

Diante da constatação de eventuais erros, orientamos construtivamente os envolvidos, e, em caso de reincidência, por descuido, negligência ou por falta de interesse realizamos a correção adequada;
Incentivamos o desenvolvimento de nossos colaboradores, dando-lhes liberdade para participarem de qualquer processo de seleção interna, encarando essa atitude como uma alternativa normal de evolução profissional, não sendo passível de retaliação.

É vetado:

  • Induzir a contratação de parentes, ou de qualquer pessoa que possua vínculo pessoal com o colaborador.Todos os candidatos serão avaliados pela área de Gestão de Pessoas, em igualdade de condições;
  • Solicitar ou conceder pagamentos em dinheiro, bens, benefícios, pressões ou prestação de serviços de qualquer natureza com a finalidade de promover a admissão, a transferência ou a promoção de colaboradores.

1.4 Conflitos de interesses:

Consideramos conflito de interesses o uso da influência do colaborador para beneficiar interesses particulares ou de outras pessoas, que se contraponham aos interesses da empresa ou que possam causar-lhe danos ou prejuízos.

É vetado:

  • A participação do funcionário em atividades concorrentes e/ou complementares aos negócios e ao seu trabalho, sem a autorização formal da empresa, a não ser as de cunho acadêmico;
  • A participação em sociedades e em atividades de caráter comercial, financeiro ou econômico sem a devida comunicação ao superior imediato;
  • O envolvimento em qualquer atividade que possa ser conflitante com os interesses da organização;
  • A participação em relações comerciais particulares com clientes ou fornecedores, a não ser as transações que se realizem nas condições usuais do mercado;
  • A existência de sociedades próprias ou por intermédio de familiares, com fornecedores ou concorrentes, se a função ou o cargo ocupado pelo colaborador lhe conferir poder para influenciar transações ou permitir o acesso a informações sigilosas e/ou privilegiadas;
  • O empréstimo e a utilização de equipamentos e materiais da empresa para fins particulares;
  • A manipulação e o uso de informações sobre os negócios da empresa ou de seus clientes, que possam influenciar decisões em benefício ou em prejuízo pessoal ou de terceiros;
  • A comercialização de qualquer tipo de produto, bingo, rifa ou similares nas dependências da empresa.

1.5 Preservação das informações:

Respeitamos e protegemos a privacidade e confidencialidade das informações de nossos colaboradores;
Os canais formais de escuta são ramal, site, e-mail e objetivam a melhoria dos processos de gestão. Todas as informações são tratadas com a confidencialidade necessária, preservando os direitos e protegendo a neutralidade das decisões;

Faz-se necessário:

  • Respeitar o sigilo profissional, exceto quando autorizado ou exigido por lei, e a preservação dos interesses da empresa, tanto em ambiente público ou privado;
  • Manter as obrigações de confidencialidade indicadas no Código, mesmo depois de
    encerrada a relação de trabalho;
  • Cada colaborador é responsável pelo uso adequado de todos os recursos do sistema de computadores da organização (e-mail, internet e outros), obedecidas as leis e políticas vigentes;
  • Reservamo-nos o direito de monitorar todos os aspectos do sistema de computadores sem a autorização do colaborador. Pertencem ao ativo da Santa Maria todas as comunicações e informações transmitidas, recebidas, criadas ou armazenadas no seu sistema de computadores (inclusive discos, CDs e outras mídias de armazenamento);
  • Todas as operações e negócios que realizamos estão e devem permanecer garantidos
    pela respectiva documentação, sendo objeto de imediato lançamento contábil nos livros e nos registros oficiais da empresa, respeitados a lei e os princípios contábeis em vigência.

 

É vetado:

  • Utilizar e transmitir a terceiros informações não oficiais (boatos), assim como informações confidenciais de qualquer natureza sobre a empresa ou de seus fornecedores e clientes. Incluem-se aqui os segredos de invenções industriais, processos, produtos, marcas, fórmulas, tecnologia, “know-how”, invenções, aperfeiçoamentos, sistemas eletrônicos, direitos autorais, dentre outros;
  • Expor documentos confidenciais;
  • Programar e realizar palestras, seminários e trabalhos acadêmicos sobre processos e negócios da empresa, sem a devida autorização da gerência da área;
  • Utilizar o sistema de computadores da Santa Maria, portanto, de todos os computadores disponibilizados aos funcionários, para o tratamento de assuntos e negócios particulares, pois os mesmos serão utilizados  somente para a condição dos negócios da empresa;
  • Sob qualquer pretexto, utilizar equipamentos, recursos e meios eletrônicos (correio eletrônico, internet e outros) da empresa para fins não autorizados, assim como en-
    viar e receber informações, correntes de arrecadação de recursos e similares, material com conteúdo ilegal, sexual, racial, ofensivo, político, abusivo ou outro igualmente proibido;
  • Utilizar a senha pessoal de outros colaboradores para acessar os sistemas informatizados da empresa;
  • Ceder a senha pessoal para pessoas não autori-zadas a acessarem os sistemas informatizados;
  • Copiar softwares protegidos por direitos autorais, desenvolvidos internamente ou por contrato de licenciamento, a não ser que haja permissão concedida pelo detentor dos direitos autorais;
  • Instalar programas nos computadores da empresa, sem autorização dos responsáveis pelas áreas competentes.

1.6 Os favores e os presentes:

Cabe ao colaborador informar ao seu gerente o recebimento de todo e qualquer brinde e será da alçada do gerente a destinação do mesmo. Recomenda-se somente aceitar brindes sem valor comercial, ou seja, promocionais e que tenham ampla distribuição no mercado;
A partir da política da empresa e a transparência nas relações profissionais esclarecemos o que segue:

  • Não aceitamos, nem fazemos solicitações em dinheiro, nem prêmios de grande valor;
  • Os presentes que excedem o valor limite estipulado de meio salário mínimo são devolvidos ou doados às instituições filantrópicas, mediante o envio de uma carta elaborada pela área de marketing em nome da empresa que ofereceu o presente;
  • As despesas com clientes (refeições, transporte, estadia ou entretenimento) poderão ocorrer, sob a responsabilidade das áreas autorizadas e, desde que justificadas por reunião de trabalho ou mesmo como cortesia, respeitados os limites e sem constrangimentos para os convidados, nem passíveis retribuições;
  • Não oferecemos brindes comerciais, valores, presentes ou outras utilidades que estejam em desacordo com a lei, com o regulamento ou com o Código, ou que possam prejudicar a empresa, mesmo que seja apenas na sua imagem, caso venham a se tornar públicos;
  • Oferecemos brindes e presentes aos nossos clientes, parceiros e fornecedores, sempre de acordo com nossa estratégia de relacionamento;
  • Quando da troca de presentes entre colaboradores em eventos festivos como aniversários, casamentos, nascimento de filhos, Páscoa, Natal, Dia da Secretária e outros, serão dispensadas as listas com o registro do valor das contribuições, evitando-se assim, constrangimentos e facultando a adesão livre, voluntária e espontânea;
  • Convites para eventos, com despesas custeadas por clientes, fornecedores, órgãos governamentais e outros, somente são aceitos quando da existência de interesse por parte da empresa ou que resultem em oportunidades de contato comercial, oportunidades estas extensivas a profissionais de outras empresas, recebido o aval da gerência ou da diretoria e a devida comunicação a área de Gestão de Pessoas.

1.7 Uso do patrimônio da empresa:

Respeitamos a propriedade intelectual, sempre em atenção à ética e à legislação específica;
Utilizamos e protegemos os ativos da empresa, tangíveis e intangíveis, intelectuais,
eletrônicos e de investimentos, de modo seguro e responsável.

2. As relações da empresa com o público externo

2.1 As relações com os clientes:

Nosso objetivo é atender as necessidades de nossos clientes e os tratamos de forma correta, honesta e transparente;

 

Agimos com ética e integridade nas relações com nossos clientes;

 

Guardamos sigilosamente as informações sobre clientes, resguardando o seu uso, o seu controle e a sua segurança. Essa privacidade exige que as informações sejam utilizadas
apenas com finalidade comercial;
Desenvolvemos e mantemos relações eficientes com nossos clientes, oferecendo-lhes segurança, assistência, inovação e qualidade;
Evitamos qualquer forma de discriminação para com os clientes, reservando o direito de
suspender qualquer relação comercial que venha ferir seus interesses ou quando o relacionamento representar risco legal, social ou ambiental para a empresa;
Patrocinamos despesas de entretenimento ou de eventos similares que estejam associados a discussões de negócios com cliente potencial ou atual. Essa limitação não se aplica quando o convite se estender a um grupo de clientes.

2.2 As relações com os fornecedores:

Devido à interdependência com nossos fornecedores e prestadores de serviço, a forma de estabelecer a melhor relação custo-benefício nos conduz a:

  • Preservamos a confiança dos fornecedores, prestadores de serviços e parceiros, pautando nossas atitudes e decisões na transparência e na imparcialidade, utilizando  produtos e serviços com qualidade, dentro de prazos e condições negociáveis;
  • Oferecemos igualdade de oportunidades a todos;
  • Seguimos os padrões definidos na Política de Contratação de Serviços Terceirizados, visando o melhor retorno e sem favorecimentos;
  • Retiramos do quadro de fornecedores e de prestadores de serviços aqueles que
  • demonstrarem condutas inadequadas, como o uso do trabalho infantil ou do trabalho forçado;
  • Estabelecemos relacionamentos isentos de favorecimentos, respeitando a confidencialidade de informações e cumprindo as exigências legais. Essas são práticas que podem influenciar a todos em atitudes idôneas e éticas;
  • Estabelecemos relações estáveis e de colaboração, observando as especificações técnicas definidas pelas áreas competentes, consideradas as melhores ofertas apresentadas pelo mercado.

2.3 As relações com instituições públicas:

Atuamos em colaboração com organismos normativos e governamentais. Os contratos e convênios assinados com o poder público seguem normas legais, respeitam as exigências morais, de forma transparente e dentro do âmbito de atividade na qual se propõe.

2.4 As relações com os concorrentes:

Consideramos saudável a concorrência leal. Tratamos nossos concorrentes com o mesmo respeito que deles esperamos e entendemos que competir no mercado não significa “vencer a qualquer custo”.
Repelimos qualquer comentário que possa afetar a imagem dos nossos competidores, desde a divulgação de boatos até situações que impliquem maior gravidade;
Desabonamos a prática de informações privilegiadas, a omissão de fatos relevantes, a manipulação da boa fé, espionagem econômica, obtenção de planos e ações dos concorrentes por meios escusos consideradas atitudes impróprias e não aceitas.

2.5 As relações com a mídia:

Transmitimos todas as informações relativas à organização de forma verdadeira e homogênea pela área de marketing ou por pessoas autorizadas pela direção.

2.6 As relações com a comunidade e com o meio ambiente:

Mantemos atitudes socialmente responsáveis, respeitando os valores imprescindíveis para manter um ambiente de trabalho seguro e saudável;
Promovemos melhorias contínuas treinando e qualificando nossas equipes;
Utilizamos os recursos naturais de forma consciente, respeitando a legislação e critérios de preservação ambiental;
Nossos colaboradores mantêm contrato com a empresa seguindo as normas e leis vigentes;

 

Estabelecemos relações de respeito e de cooperação com os clientes, comunidades, fornecedores, governos e todas as partes envolvidas com a empresa;
Reconhecemos nosso papel de geradora de riquezas para as comunidades em que atuamos e para o país. Nossas ações são conduzidas para promover, além do interesse econômico, o cumprimento de nossa função social;
Quando da participação em projetos, doações, patrocínios e contribuições obedecemos aos preceitos legais e as normas internas da empresa.

2.7 As relações com associações e entidades de classe:

Reconhecemos a importância do desempenho das associações e entidades de classe legalmente constituídas. Acompanhamos suas iniciativas e práticas e dialogamos, em qualquer situação que envolva a empresa, buscando sempre uma solução que satisfaça ambas as partes.