Notícias 02/07/2012 - Segunda-feira

Feira Drupa, O Futuro Da Indústria Gráfica

Nos dias 07 e 08 de maio de 2012, os gerentes Luiz Tadeu e Mário Sterza estiveram em Düsseldorf – Alemanha, visitando a maior e mais importante feira gráfica mundial, a Drupa. É uma feira que acontece de quatro em quatro anos, durante um período de duas semanas. Em 2012, reuniu 1850 empresas fornecedoras de insumos para o parque gráfico internacional, distribuídas num espaço de 250.000 metros quadrados (17 pavilhões). Foram 315.000 visitantes, de 130 países, com a intenção de conhecer as tendências futuras para o mercado de impressões gráficas nos próximos quatro anos, quando então novas ideias serão criadas.

A Drupa é um evento singular quando se trata em lançar novas tendências, buscar inovações, quebrar paradigmas, objetivando sempre fornecer aos clientes de diversas partes do mundo opções variadas em termos de tecnologias visando a continuidade dos negócios através de práticas sustentáveis.

Neste ano foram dados alguns focos principais, tais como:

-Impressão sob demanda;
-Impressão digital (impressão jato de tinta ganhando mercado da impressão offset);
-Impressão offset sob demanda (para compensar velocidade da impressão digital);
-Nanotecnologias aplicadas à impressão digital (economia de energia e redução de custos);
-Impressoras multi-tarefas (impressão em diversos tipos de plástico, papel, alumínio, etc);
-Preocupação com o meio ambiente (recuperação de energia e impactos ambientais).

Com a Internet e o avanço tecnológico rápido da telefonia celular, computadores, tablets, entre outros, o mundo ficou menor e as pessoas passaram a ter novos anseios sobre os mais diversos segmentos. Exigese das empresas hoje, maior flexibilidade, velocidade, qualidade e inovação, sempre dentro de preços competitivos.

Por exemplo, no passado, quando queríamos imprimir algo, sempre ouvíamos dos impressores que ele tinha que fazer uma tiragem mínima, de uma mesma arte de impressão, para justificar o preço cobrado. Hoje estamos falando em imprimir uma folha diferente da outra, nos mais diversos tipos de substrato, em quantidades à escolha do cliente, que pode estar do outro lado do mundo enviando um simples arquivo pela Internet do conteúdo a imprimir, esperando receber sua encomenda dentro de um prazo extremamente curto. Tudo deve funcionar absolutamente dentro do planejado.

Para isto, o fornecedor do papel, da tinta e da máquina impressora, entre outros, devem estar em perfeito sincronismo.

Enfim, como resultado da viagem vê-se que o processo de melhoria contínua deve estar presente em nosso dia-a-dia e que constantemente teremos que focar esforços em trazer novas tecnologias, manter nossos colaboradores capacitados tecnicamente, utilizando boas ferramentas de gestão, para que nossa empresa esteja preparada para os desafios que estão por vir.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


6 + = doze